O Mundo em Movimento

Em São Paulo, GM é líder e Hyundai é “grande”

Joel Leite

– Marca estadunidense vende mais que Fiat e Volkswagen; com 10%, coreana fica entre as quatro grandes na cidade.

Em São Paulo, não tem pra ninguém: a GM é, de longe, a marca mais vendida na cidade e no Estado, superando as duas principais concorrentes, Fiat e Volkswagen, que estão na sua frente no mercado nacional.

A GM fechou 2013 com 18.624 unidades vendidas no Estado, o que corresponde a 20,8% de participação, contra 16,2% da Volkswagen e 14,5% da Fiat.

Na cidade de São Paulo a diferença para as concorrentes é ainda maior: a GM ficou com 18,9%, contra apenas 13,6% da Volkswagen e 12,3% da Fiat.

Líder no Brasil, com 21,3%, a italiana amargou a terceira posição tanto na cidade quanto no estado. Na cidade, por pouco não foi superada também pela Hyundai: a marca coreana ficou com 10,1% das vendas na maior cidade do País, superando a Ford e ficando a apenas dois pontos da Fiat.

Dá pra dizer que na cidade de São Paulo, o grupo das “quatro grandes” é formado por GM, Volkswagen, Fiat e Hyundai, únicas que atingiram uma participação de dois dígitos.

É na cidade de São Paulo – maior mercado do País – que se notam as principais diferenças de participação em relação ao desempenho nacional.

Além da liderança absoluta da GM, da sofrível participação de Fiat e Volkswagen e do crescimento da Hyundai (veja quadro), a Honda mais do que dobra o percentual de participação em relação ao mercado total. A japonesa tem no Brasil 3,9% das vendas e sobe para 8,8% na cidade de São Paulo.

Assim, mais uma marca passou a Ford, que ficou apenas com a sexta posição no ranking da capital.

No estado, a Citroën sobe uma posição em relação ao ranking nacional e quase dobra a participação, passando de 1,9% para 2,7% e a Renault cai de quinto lugar (no ranking nacional) para a sétima posição na cidade e no estado.

Veja quem é quem na cidade, no estado e no país