! Consórcio: números negativos, expectativa positiva - 03/02/2017 - UOL Carros

Consórcio: números negativos, expectativa positiva

Joel Leite

– Crescimento expressivo no segundo semestre do ano passado indica um 2017 promissor

consorcio

Assim como a maioria dos setores da economia, o consórcio atravessou 2016 em dificuldade, encerrando o ano com resultado 5% inferior ao registrado em 2015.

Mas o setor enxerga o balanço como MUITO POSITIVO porque houve um crescimento expressivo no segundo semestre, quando foram comercializadas 1,27 milhão de novas cotas, 24,5% mais do que nos seis primeiros meses do ano. Quer dizer: apesar do resultado negativo no ano fechado, os negócios estão em franco crescimento.

Daí a perspectiva de um 2017 vigoroso.

O consórcio, como os demais setores da economia, enfrenta dificuldades nas crises econômicas, mas ele acaba sendo uma alternativa pro consumidor, justamente nos momentos em que ele tem dificuldade para comprar à vista e mesmo fazer um financiamento, com tanta restrição para obtenção de crédito.

O consórcio acaba sendo uma poupança: a pessoa vai pagando uma pequena mensalidade, quando menos espera é sorteada, ou pode também dar um lance e obter a carta de crédito.

O setor de veículos representa 87% dos negócios de consórcio. Teve em 2016 dois milhões de adesões e mais de um milhão de cotas contempladas. O total de negócios no segmento atingiu R$ 83,8 bilhões em créditos comercializados.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor