O Mundo em Movimento http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br O blog O Mundo em Movimento tem a pretensão de falar sobre vários assuntos, além do mundo do automóvel. Wed, 13 Nov 2019 20:45:36 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=4.7.2 HR-V teve a maior valorização no Selo Maior Valor de Revenda http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/11/13/hr-v-teve-a-maior-valorizacao-no-selo-maior-valor-de-revenda/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/11/13/hr-v-teve-a-maior-valorizacao-no-selo-maior-valor-de-revenda/#respond Wed, 13 Nov 2019 20:45:36 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=10392 Em 2016, SUV da Honda registrou perda de apenas de 4,5% depois de um ano de uso

O melhor desempenho registrado nos cinco anos da certificação Maior Valor de Revenda foi do Honda HR-V, ganhador do prêmio geral em 2016, com o excepcional índice de 4,5%.

Lançado no ano anterior, o HR-V chegou agradando o consumidor e provocou uma forte demanda no mercado, fazendo com que o seminovo também se tornasse objeto de desejo, o que fez com que ele obtivesse uma boa valorização.

No ano seguinte o HR-V ganhou mais uma vez o prêmio geral, mas já com uma depreciação maior, de 8,8%, ainda um bom índice, considerando que apenas oito carros tiveram índices abaixo de 10% naquele ano.

A rápida modernização dos modelos oferecidos no mercado, especialmente os SUVs compactos – cujos lançamentos se proliferaram nos últimos anos – fez com que os preços caíssem e, consequentemente, os seminovos se desvalorizassem.

Tanto que ano seguinte o vencedor da categoria, o Hyundai Creta – ganhou com 8,9%. Em 2019, mais modelos participaram da disputa: o resultado você vai ver no dia 29 de novembro, quando os ganhadores de 2019 receberão o SMVR-Autos em evento em São Paulo.

 

]]>
0
Vendas de usados chegam a 12 milhões http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/11/11/vendas-de-usados-chegam-a-12-milhoes/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/11/11/vendas-de-usados-chegam-a-12-milhoes/#respond Mon, 11 Nov 2019 13:45:08 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=10389 Crescimento do setor, no entanto (2%) é menor do que o de carros OK

Enquanto as montadoras estão vendendo mais carro OK, com crescimento de 7,5% de janeiro a outubro, o mercado de usados permanece estável, com alta de apenas 2% em relação a janeiro-outubro do ano passado. O volume de vendas, no entanto, é infinitamente maior: enquanto as vendas de carros zero somaram 2.176.507 unidades no período, as de carros usados passaram de 12 milhões: foram transferidos exatamente 12.081.228 unidades de janeiro a outubro (em 2018 foram 11,8 milhões no período).

Só em outubro foram vendidos 1.345.240 veículos usados, aumento de 3,9% contra o mesmo mês do ano passado e de 8% contra setembro.

Claro, o carro usado é mais acessível, trata-se de um mercado com muito mais opções, o consumidor encontra uma infinidade de oportunidades de modelos, versões e – mais do que isso – encontra opções por qualquer preço. Tem carro usado para todos os bolsos.

O velho Gol é o mais vendido no Brasil. Só em outubro foram 82 mil unidades. Não poderia ser diferente, o Gol passou 24 anos como o carro zero mais vendido; hoje são mais de oito milhões de Gol circulando por aí e trocando de mão.

Em segundo e  terceiro lugar estão outros campeões de venda: o Uno e o Palio.

Veja o ranking dos usados mais vendidos em outubro

]]>
0
O otimismo dos fabricantes http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/11/08/o-otimismo-dos-fabricantes/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/11/08/o-otimismo-dos-fabricantes/#respond Fri, 08 Nov 2019 19:48:31 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=10385  

Juros caindo, PIB crescendo e risco sob controle. Em síntese, essas são as razões que fazem o presidente da Anfavea, associação dos fabricante de Veículos, Luiz Carlos Moraes, acreditar  no crescimento das vendas e num futuro promissor para o setor. Mesmo considerando que a produção acumulada de veículos este ano (janeiro-outubro) é menor (3,6%) do que as perspectivas traçadas no início do ano (11,4%) e que as vendas estão próximas, mas não atingiram a meta.

Luiz Carlos Moraes está animado com a queda dos juros Selic, que estão em 5% com promessa de chegar a 4,5% até o fim do ano e, segundo ele, a 4% em janeiro. Mesmo reconhecendo que a queda dos juros “ainda” não chegou ao consumidor. Sobre o PIB projetado de 0,92% para o ano (o que muita gente chama de pibinho), o dirigente avalia que é positiva a retomada da economia, uma vez que há alguns meses a expectativa era de 0%.

“Nós observamos que os bancos estão com apetite de financiar mais, reduzindo as taxas de juros. Há poucos anos a taxa era de 19% e hoje já existem bancos que trabalham na faixa dos 12% ao ano. No final das contas isso é bom, porque aquece o setor e a economia, por isso estamos otimistas”, disse o presidente.

]]>
0
Volks aposta em eletrificação da mobilidade http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/11/07/volks-aposta-em-eletrificacao-da-mobilidade/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/11/07/volks-aposta-em-eletrificacao-da-mobilidade/#respond Thu, 07 Nov 2019 20:50:26 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=10380 Montadora investe em patinete, bicicleta e recarga de elétricos

O lançamento do Golf GTE no Brasil foi o primeiro passo para a Volkswagen trazer mais novidades eletrificadas. A montadora está investindo em patinetes e bicicletas elétricas para oferecer mais opções de mobilidade limpa.

A bicicleta elétrica tem uma bateria de 350W, 30 km de autonomia e velocidade máxima de 25 km/h. O patinete tem a mesma bateria e o mesmo limite de velocidade, mas a autonomia é de 20 km motor elétrico de 350W, com autonomia de 20 km.

Outra novidade é que a Volks se uniu com a Audi, a Porsche e a empresa EDP para a instalação de 30 novos postos de recarga nas rodovias Tamoios, Imigrantes, Carvalho Pinto, Governador Mário Covas, Dom Pedro, Washington Luís e Régis Bittencourt.

Os postos terão três níveis de potência: 22kW para recarga normal, ideal para quem não está com tanta pressa; 150 kW para recarga semirrápida e 350 kW para recarga ultrarrápida.

Com estes novos postos, o Brasil terá 2.500 km de rodovias com postos elétricos que ligam São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Espírito Santo e Santa Catarina.

]]>
0
Na pista, de HB20 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/11/05/na-pista-de-hb20/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/11/05/na-pista-de-hb20/#respond Tue, 05 Nov 2019 22:02:14 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=10373 Macacão, capacete e pé na tábua. O repórter vira piloto por um dia

Os preparadores do HB20 de competição dizem que o carro ”não mudou nada”, que é o mesmo HB20 que o consumidor encontra nas concessionárias. Mas as poucas adaptações feitas para ele enfrentar as pistas transformam o Hyundai HB20 num carro de competição: o motor ganhou mais potência, 156 cavalos (contra 128 do modelo original), a suspensão foi rebaixada e o interior depenado: sem bancos, sem forrações, deixando o carro 50 quilos mais leve. Parece pouco, mas ao acelerar na pista você vai perceber que ele se transformou em um autêntico carro de corrida.

Foto: Rodrigo Aguiar Ruiz

Pra começar, ao entrar no carro você sente a diferença. Na verdade você não entra; você “veste” o carro: encaixa a bunda no banco apertado e é atado ao cinto de segurança de oito pontos, não sem antes retirar o volante, caso contrário é impossível driblar os tubos do santantonio para entrar no carro. Balaclava, capacete e pau na máquina! Enfia o pé no acelerador para manter o giro bem alto, caso contrário o carro morre.

Foto: Rodrigo Aguiar Ruiz

Não tem nada a ver com um carro de rua. A direção é dura, o freio é duro, mas a sensação de acelerar um carro de corrida é enorme. Depois de uma aulinha teórica e duas voltinhas ao lado do piloto, estou pronto para dar a largada. E não é que toda aquela parafernália – macacão, capacete e equipamentos – emponderam a gente? Ainda mais com o piloto instigando você a sentar o pé na tábua.

Foto: Rodrigo Aguiar Ruiz

A primeira volta é para conhecer a pista, saber como fazer uso da marcha ideal em cada curva, em cada saída, até onde pode esticar a marcha na reta; qual o momento certo para frear antes da curva. Na segunda volta a gente já se sente um piloto, abusando da velocidade, acelerando ao máximo para diminuir o tempo do circuito. Pena que a brincadeira é só de algumas voltas no Velopark, um circuito pequeno, de apenas 2.278 metros, mas que provoca muita adrenalina.

Foto: Rodrigo Aguiar Ruiz

Este é o primeiro ano da Copa HB20, que tem a coordenação de Daniel Kelemen, idealizador e diretor da empresa que administra a competição. O objetivo de Daniel, que também é piloto, é usar a Copa HB20 para oferecer uma oportunidade para pilotos que estão sem atividade, além de descobrir novos talentos.

Mesmo antes de completar um ano (a última etapa de 2019 será dia 8 de dezembro, em Interlagos), Daniel já comemora o sucesso e credita isso, entre outras coisas, ao formato diferente do projeto, onde os pilotos têm uma estrutura oferecida pela própria organizadora, que se responsabiliza por tudo: carro, transporte, mecânicos, preparadores, seguro, carro reserva etc.

Foto: Cleocinei Zonta/RR Media

“O piloto pega o avião, chega no autódromo e vem acelerar. Só traz o capacete”, explicou Daniel. Tudo ao custo de R$ 180 mil por todo o campeonato, que compreende 16 corridas em oito autódromos.

Alexandre Rheinlander, o responsável pela preparação dos motores, explica que o carro é o mesmo HB20 de rua, com mudanças mínimas para adaptá-lo às pistas, como alterações na injeção eletrônica, no escapamento, na parte de baixo do carro para aguentar o tranco das corridas, além do aumento da potência e do rebaixamento/reforço da suspensão, para dar estabilidade ao carro.

Foto: Rodrigo Aguiar Ruiz

Líder depois de seis etapas, o piloto Raphael Abatte é um dos pilotos experientes que abraçaram a Copa HB20, ele que já correu na Fórmula Ford, na Fórmula 3 e tem experiência em autódromos dos Estados Unidos e Europa.

Veja a classificação geral dos pilotos

]]>
0
Mais de mil cidades vendem menos de um carro por mês http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/11/04/mais-de-mil-cidades-vendem-menos-de-um-carro-por-mes/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/11/04/mais-de-mil-cidades-vendem-menos-de-um-carro-por-mes/#respond Mon, 04 Nov 2019 18:12:05 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=10370 50 municípios licenciaram apenas uma unidade no ano

Enquanto gestores públicos, técnicos, especialistas em trânsito e a sociedade como um todo estudam novas formas de mobilidade para aliviar os transtornos causados pelos congestionamentos nas grandes cidades, muitas dos pequenos municípios continuam desprovidos de transporte, privado ou público.

Como se sabe, as vendas de carros no Brasil são muito concentradas. Apenas dois estados – São Paulo e Minas Gerais, são responsáveis por 49% das vendas, enquanto as regiões Sul e Sudeste representam 71% do total de licenciamentos de carros de passeios e comerciais leves.

E as vendas restantes também não são bem distribuídas. Um levantamento feito pela Agência Autoinforme mostra que mais de mil cidades – exatamente 1.053 – venderam no ano passado menos de um carro por mês. E cinquenta delas licenciaram apenas um carro durante todo o ano de 2018, estas, distribuídas em oito estados: Amazonas, Tocantins, Acre, Pará, Maranhão, Piauí, Paraíba e Bahia, ou seja, todas nas regiões Norte e Nordeste.

As picapes se destacaram nas cidades de carro único por ano. São Sebastião do Uatuma, na Amazônia, licenciou uma Amarok; Uarini, na Amazônia, e São Braz, no Piauí, marcaram o registro de uma Mitsubishi L200 cada. Uma Toro OK passou a circular em Campo Alegre do Fidaldo, outra em Morro Cabeça no Tempo e uma terceira em Francisco Macedo, três municípios do Piauí; uma Frontier foi registrada em Milagres, no Maranhão, a S-10 em Canaveira, no Piauí, e uma Hilux na cidade maranhense de Marajá do Sena.

Mas tem registros de todo tipo de carro: a cidade de Porto Walter, no Acre, aumentou a frota com um Gol no ano passado; Sebastião Barros, no Piauí, comprou um Mobi; um Renegade passou a rodar em São Paulo de Olivença, no Amazonas, e um Renault Kwid em Pauini, no mesmo estado. Teve Voyage vendido em Oliveira de Fátima, no Tocantins; Fiorino em Massapé, no Piauí, Ka em Santa Inez, na Paraíba e Corolla em Passagem Franca do Piauí.

Ou seja, os 1053 municípios que menos licenciaram carros em 2018 (no máximo um por mês) venderam, juntos, apenas 7.490 unidades, menos do que o mercado brasileiro comercializa num só dia.

Veja as cinquenta cidades que licenciaram só um carro em 2018

]]>
0
Outubro é o melhor mês do ano http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/11/01/outubro-e-o-melhor-mes-do-ano/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/11/01/outubro-e-o-melhor-mes-do-ano/#respond Fri, 01 Nov 2019 19:47:47 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=10367

Foram licenciadas 241.172 unidades, mas vendas diárias continuam fracas

As vendas de carros e comerciais leves tiveram um crescimento de 8% em outubro em relação a setembro, com 241.172 unidades. É o melhor mês do ano em vendas totais, graças aos seus 23 dias úteis, mas as vendas diárias não passaram de 10.630 carros, pior que as de maio e junho (veja quadro).

No acumulado do ano, o crescimento é de 7,5%, totalizando 2.176.507 unidades, bem abaixo das projeções traçada pelos fabricantes (11%) e revendedores (13%).

A GM continua firme na liderança, com 43.292 unidades e 18% de participação, tendo a Volkswagen como principal concorrente, com 37.376 carros e 15,5%. A Fiat, terceira colocada, vendeu 34.423 e ficou com 14,3%. Mais da metade das vendas da GM foram de Onix (28.337 unidades), que registrou três vezes mais do que o segundo colocado. Veja o ranking por modelo.

Na faixa dos 8% estão Ford (8,6%), Toyota (8,2%) e Renault (8,1%). A Hyundai caiu para a sétima posição, com 7,3%, seguida pela Jeep (5,2%) e da Honda (4,4%). A Nissan fecha a lista das dez marcas mais vendidas, com 3,9%.

Veja o ranking das 30 marcas mais vendidas em outubro

]]>
0
Onix Plus já é top dez http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/11/01/onix-plus-ja-e-top-dez/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/11/01/onix-plus-ja-e-top-dez/#respond Fri, 01 Nov 2019 19:25:31 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=10364

O Kwid caiu do terceiro para o décimo primeiro lugar e o Argo subiu do décimo para o quarto

Recém lançando, o Onix Plus já aparece na lista dos dez mais vendidos. O novo sedã da GM vendeu no primeiro mês de vendas 7.140 unidades. Vendendo duas vezes mais do que o segundo colocado, o Onix destaca-se cada vez mais na liderança. Foram 21.197 unidades em outubro (mais da metade de todas as vendas da GM), contra apenas 9.676 do Ka, segundo colocado, e 8.328 do HB20, que começa a se recuperar com as vendas do modelo novo (em setembro o carro da Hyundai amargou uma quinta posição).

O Prisma caiu da segunda em setembro para o 22º posição; o Kwid caiu do terceiro para o décimo primeiro lugar e o Gol de sexto para décimo.

Já o Ka saltou do quarto para o segundo lugar, a Strada subiu uma posição, ficando em sétimo, e o Polo passou da oitava para a quinta posição no ranking.

Destaque para o Argo, que estava em décimo lugar no mês passado e fechou outubro em quarto. O Renegade se manteve no nono lugar.

Veja o ranking dos 60 carros mais vendidos em outubro

]]>
0
Amapá é o estado que mais cresce http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/10/29/amapa-e-o-estado-que-mais-cresce/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/10/29/amapa-e-o-estado-que-mais-cresce/#respond Tue, 29 Oct 2019 20:54:20 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=10356 Maiores aumentos de vendas estão nos estados menos populosos; insuflado por locadoras, MG é exceção

O Amapá foi o estado da Federação cujas vendas de veículos mais crescerem este ano. O volume é ínfimo, quase desprezível: foram apenas 5.891 unidades nove meses (janeiro a setembro), mas de qualquer forma revelam uma necessidade do estado em aumentar as condições de mobilidade. O volume total registrado no Amapá para o ano representa apenas metade do que o mercado brasileiro vende num só dia: em setembro, por exemplo, a média de vendas diárias em todo o País foi de 8,7% carros e comerciais leves.

Em regra geral, os estados menos populosos foram os que mais crescerem este ano, como Roraima (+23,4%), Rondônia (+13,7%) e Acre (+12,5%). Exceção feita a Minas Gerais, cujo número é inflado por causa das facilidades que algumas cidades mineiras oferecerem (Belo Horizonte à frente) para o registro de veículos de locadoras. É comum locadoras de todas as partes do País lacrar seus veículos me Belo Horizonte. Foram licenciados de janeiro a setembro 429.968 unidades em Minas, 27,3% a mais do que no mesmo período do ano passado.

Também cresceram acima da média do mercado (que é de 8,7%) os estados de Pernambuco, Rio de Janeiro, Alagoas e Sergipe. Todos os demais estados não estão acompanhando o crescimento das vendas, sendo que dois deles venderam este ano um volume numericamente menor do que nem 2018, casos do Rio Grande do Norte, com queda de 1,8% (17.936 unidades) e Espírito Santo, que vendeu 3,2% a menos (31.056 carros) que nos nove primeiros meses do ano passado.

Veja quem mais cresceu e quem menos cresceu em 2019

]]>
0
Toyota é a montadora mais valiosa http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/10/25/toyota-e-a-montadora-mais-valiosa/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/10/25/toyota-e-a-montadora-mais-valiosa/#respond Fri, 25 Oct 2019 19:01:45 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=10354 Japonesa é a sétima do ranking da Interbrand e Mercedes-Benz é a oitava; Apple é a empresa mais valiosa do mundo. Veja o ranking

A Toyota é a montadora de veículos mais valiosa do mundo, conforme o ranking Melhores Empresas Globais da consultoria Intelbrand. Em segundo lugar está a Mercedes-Benz. Elas estão em o sétimo e oitavo lugar na classificação geral pelo segundo ano consecutivo.

A Toyota é avaliada em US$ 56,2 bilhões e a Mercedes-Benz vem logo atrás, valendo US$ 50,8 bilhões. Em 2018 a situação foi parecida, com as montadoras ocupando as mesmas posições e valendo US$ 53,4 bilhões e US$ 48,6 bilhões.

A empresa mais valiosa do mundo é a Apple, cujo patrimônio é calculado em US$ 234,2 bilhões. Em seguida vem a Google (US$ 137,7 mi) e Amazon (US$ 125,2 mi) em segundo e em terceiro lugar. Em quarto lugar está a Microsoft, em quinto está a Coca-cola e em sexto a Samsung.

As duas primeiras do ranking são líderes pelo sétimo ano consecutivo.

Fecham o grupo das Dez Mais a Mc Donald’s e a Disney.

Outras marcas do setor automotivo que compõem o Top 100 são: BMW em 11º lugar, Honda em 21º, Ford e Hyundai em 35º e 36º lugares, Volkswagen em 40º, Audi com o 42º lugar, Nissan em 52º, Ferrari e Kia em 77º e 78º lugares, Land Rover em 85º e Míni em 90º.

Veja as 10 mais valiosas do mundo e as montadoras que figuram entre as 100 Mais

]]>
0