O Mundo em Movimento http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br O blog O Mundo em Movimento tem a pretensão de falar sobre vários assuntos, além do mundo do automóvel. Tue, 19 Feb 2019 14:15:28 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=4.7.2 Glitter biodegradável para brilhar de verdade no Carnaval http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/02/19/glitter-biodegradavel-para-brilhar-de-verdade-no-carnaval/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/02/19/glitter-biodegradavel-para-brilhar-de-verdade-no-carnaval/#respond Tue, 19 Feb 2019 14:15:28 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=9428  

O glitter comum é feito de plástico e não é filtrado no tratamento do esgoto; vai para o oceano e destrói vidas marinhas

Crédito: Rawpixel- Unsplash

Quem é que não gosta de se enfeitar com glitter no Carnaval, se divertir com o rosto e o corpo brilhando… Mas essa brincadeira pode criar um problema sério para o meio ambiente. Quando a pessoa toma banho, as micro partículas de plástico escorrem ralo abaixo e se junta às oito milhões de toneladas de plástico que são lançadas a cada ano nos oceanos.

Devido a sua composição e tamanho, o glitter é considerado um microplástico muito nocivo. É praticamente impossível recolhe-los e por isso eles somam 85% de todo o plástico encontrado na natureza.

Mas e aí, está proibido brilhar? Claro que não! Você pode brilhar no salão e também como exemplo de boa prática ambiental.

O glitter comum é feito de partículas de plásticos muito pequenas, o que as impede de serem filtradas durante o processo de tratamento do esgoto que escorre pelo seu ralo, e vai parar nos mares e oceanos, o que afeta milhares de animais e se estende por toda a cadeia alimentar. Mas existem no mercado muitas opções de glitter biodegradável, comestível e até vegano.

O glitter de plástico mata muitas espécies marinhas, como peixes, tartarugas, golfinhos, aves e muitas outras. Ele e a purpurina podem ser engolidos por animais muito pequenos, que fazem parte da base de toda a cadeia alimentar, atingindo praticamente toda a fauna marinha.

O krill, base da cadeia alimentar, pode ingerir essas pequenas partículas de glitter. As grandes baleias que se alimentam de toneladas de krill num único dia acabam ingerindo esses brilhos numa única abocanhada!

Além disso, esses microplasticos aderem em si substâncias químicas que vão se acumulando nos animais por toda cadeia alimentar, atingindo também o homem, que se alimenta de peixes.

Para contribuir para uma atitude sustentável e promover o consumo consciente, trazemos aqui algumas opções de lojas que comercializam esse tipo de material.

 

 

Marina Leite, especial para o ECOinforme

]]>
0
ARGO É O TERCEIRO DO RANKING http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/02/16/argo-e-o-terceiro-do-ranking/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/02/16/argo-e-o-terceiro-do-ranking/#respond Sat, 16 Feb 2019 19:36:46 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=9424

Hatch da Fiat só perde para Onix e HB20 na quinzena

O mercado no início do ano é sempre imponderável, algumas montadoras estão sem estoque por causa de férias coletivas de funcionários, outras estão arrematando o estoque do ano passado, enfim, alguns números se destacam, para baixo ou para cima.

O Onix, que em janeiro colocou um volume quase três vezes maior do que o segundo colocado segue na liderança na primeira quinzena de fevereiro, foram 8.710 carros vendidos, contra 4.324 do HB20, segundo colocado.

A grande surpresa é o Argo, que ficou em terceiro lugar com 3.860 unidades, melhor posição do carro desde o seu lançamento. A excepcional venda do hatch, somadas aos bons resultados da Strada (sexta colocada) e Mobi (sétimo) deram à Fiat a segunda posição no ranking na quinzena.

O Ka ficou em quatro lugar e o Prisma em quinto, enquanto Polo, Gol e Creta fecharam o bloco dos dez carros mais vendidos.

Veja o ranking dos 50 carros mais vendidos na primeira quinzena de fevereiro

]]>
0
SEM CARNAVAL, VENDAS DISPARAM http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/02/16/sem-carnaval-vendas-disparam/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/02/16/sem-carnaval-vendas-disparam/#respond Sat, 16 Feb 2019 19:34:16 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=9422

Primeira quinzena de fevereiro tem aumento de 36,6%; vendas diárias são semelhantes

Foram vendidos 92.441 carros e comerciais leves na primeira quinzena de fevereiro – conforme informações obtidas pela Agência Autoinforme – o que significa um aumento de expressivos 36,6% sobre a o mesmo período de fevereiro do ano passado, quando foram licenciadas 67.669 unidades.

Mas calma lá: não é o mercado que cresceu tanto, e sim o fato de a primeira quinzena de 2019 não ter tido Carnaval, o que manteve um bom volume de dias úteis, onze no total. As vendas diárias na primeira quinzena de fevereiro foram de 8.403 unidades, 0,4% a mais do que na primeira quinzena de janeiro (8.367).

No acumulado do ano o crescimento é expressivo: foram 283.191 carros vendidos nesse mês e meio, contra 243.222 nos primeiro 45 dias do ano passado, alta de 16,4%.

A Fiat assumiu a segunda posição na quinzena, com uma boa diferença em relação a Volkswagen, que foi a terceira colocada: a italiana vendeu 15.118 unidades e ficou com 16,4% na quinzena e a alemã 13.037, com 14,1% de participação. A GM segue firme na liderança: vendeu 15.872 carros e 17,2%. As boas vendas da Fiat devem principalmente ao Argo, que ficou em terceiro lugar na quinzena, com 3.860 unidades. Strada e Mobi também entraram na lista dos dez mais vendidos (veja a lista).

Destaque para a Honda, sétima colocada, que, com 5.901 carros vendidos, passou a Renault, oitava. Antes delas aparecem a Hyundai em quarto lugar (8.113 unidades e 8,8%), a Ford em quinto (7.348 e 8%) e a Toyota em sexto (7.344 e 7,9%). Completam a lista das dez marcas mais vendidas a Jeep e a Nissan.

Vale ressaltar o crescimento das três marcas que vêm a seguir: Citroën (11ª colocada), Peugeot e Mitsubishi. As três marcaram participação de mais de 1% na quinzena.

Veja a lista das 30 marcas mais vendidas na primeira quinzena de fevereiro de 2019

 

]]>
0
Estagnado, mas lucrativo http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/02/15/estagnado-mas-lucrativo/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/02/15/estagnado-mas-lucrativo/#respond Fri, 15 Feb 2019 18:06:05 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=9420 Mercado de usados movimentou R$ 30 bilhões em 2018 com venda em plataforma online

A venda de carro em plataformas online está cada vez maior, principalmente no segmento de usados, que é o mercado mais movimentado do setor automotivo. Em 2017 e 2018, mais de 14 milhões de unidades foram vendidas.   

A plataforma Auto Avaliar fez um levantamento que mostra que, no ano passado, as vendas de usados por aplicativo movimentou R$ 30 bilhões, um faturamento 66% maior que 2017, ano que movimentou R$ 18 bilhões.

Concessionários, lojistas e revendedores multimarcas compraram cerca de 900 mil carros com valor mínimo de R$ 29 mil.

Junior Caporal, diretor executivo da plataforma, acredita que as vendas online de seminovos e usados é uma forma que o mercado encontra de se reinventar e ampliar os negócios.

]]>
0
Patinetes e bikes entregam encomendas em SP http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/02/15/patinetes-e-bikes-entregam-encomendas-em-sp/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/02/15/patinetes-e-bikes-entregam-encomendas-em-sp/#respond Fri, 15 Feb 2019 10:58:22 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=9417 Entregadores autônomos reduzem o trânsito e a poluição

A startup de logística B2log inovou no modelo de entrega de compras feitas pela internet. Os entregadores vão de patinete elétrico ou de bicicleta, driblam o trânsito e podem até diminuir o tempo de entregados produtos.

“Dependendo da região, um entregador pode levar de 40 minutos a uma hora num trajeto que poderia fazer em 15 minutos”, disse Juca Oliveira, fundador da empresa.

Além disso, a idéia é trabalhar com entregadores autônomos que, como num Uber, podem se cadastrar no aplicativo para ganhar dinheiro fazendo as entregas de um jeito que não polui o meio ambiente e ajuda a diminuir o trânsito.

A iniciativa atende empresas como Dafiti, Netshoes, Decathlon, Livraria Cultura, Shop2gether, Kanui, Rihappy, Trousseau, Mob, Synapcom e algumas outras de diversos segmentos.

]]>
0
Tiggo 7, o top da linha de SUVs da Caoa Chery http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/02/14/tiggo-7-o-top-da-linha-de-suvs-da-caoa-chery/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/02/14/tiggo-7-o-top-da-linha-de-suvs-da-caoa-chery/#respond Thu, 14 Feb 2019 18:50:29 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=9412 Lançado nesta quinta-feira, carro concorre com o Compass e o Sportage

 A família Tiggo ganhou nesta quinta-feira (14/2/19) mais um modelo, ou seja, a Caoa Chery oferece mais um utilitário esportivo ao consumidor, o 7, que se soma aos Tiggo 2 e ao Tiggo 5.

Mas pra que tanto SUV?

Henrique Sampaio, gerente de Marketing de Produto da montadora explica:

“O segmento dos utilitários esportivos é o que mais cresce no Brasil, teve um aumento de 23,5% no ano passado e já representa 20,7% das vendas do mercado brasileiro. Entre os 50 carros mais vendidos, 14 são SUVs”

E pelo que se vê de tendências em todo canto do mundo, os SUVs vão continuar fazendo sucesso. Todos estão investindo nesse tipo de carro, até mesmo as tradicionais marcas de luxo e esportivas.

“É um carro flexível, serve a todos os gostos; pode ser sóbrio, elegante, mas também esportivo e aventureiro”, disse Henrique, que decreta:

“O brasileiro elegeu o SUV como seu objeto de desejo”

O executivo destaca no Tiggo 7 o cuidado da montadora em relação aos detalhes e ao fino acabamento, “sem rebarbas, sem parafuso aparecendo, com texturas especiais…

Na apresentação do carro foi feita a comparação com os concorrentes diretos, na visão dos dirigentes da Caoa Chery:

A versão T do Tiggo 7 (de cinco lugares e não sete, como pode sugerir o nome do carro) concorre diretamente com o Compass, custa R$ 107 mil, contra R$ 128 mil do modelo da Jeep. Vem com equipamentos como sensor de chuva, câmera traseira, monitores individuais de pressão de pneus, farois de led, chave presencial e inúmeros outros equipamentos.

A versão TXS custa R$ 117 mil, R$ 21 mil a menos do que o Sportage, que a Caoa considera seu principal concorrente. E tem também cortinas e teto elétricos, luz ambiente e de boas vindas (projetada no chão quando a porta é aberta), câmera 360 graus, ar condicionado por zona, entre outros equipamentos.

O carro tem motor 1.5 turbo flex com bloco e cabeçote de alumínio, duplo comando variável de válvulas e 150cv de potência. Transmissão automática de dupla embreagem de seis velocidades e dois modos de condução: Eco, privilegiando o consumo de combustível, e Sport, mais esportivo. Tem freio de estacionamento elétrico.

O porta-malas acomoda 414 litros de bagagem e 1.100 litros com o banco traseiro rebatido. O volante, de couro, tem controles do piloto automático, limite de velocidade, mudança das telas do computador, sistema de áudio e entretenimento, bluetooth e atendimento do celular. Vem com tela de 9 polegadas, sensível ao toque, que comanda ar-condicionado, áudio e bluetooth, câmera de ré e câmera panorâmica de 360°.

Marcio Afonso, presidente da Caoa Chery, disse que o objetivo da empresa é “entregar valor a um preço competitivo” e oferecer ao consumidor um bom atendimento pós venda, que é feito com uma rede que está crescendo a cada dia. Tem hoje 65 lojas e deverá ser 110 até o fim do ano. O objetivo, segundo o dirigente, é buscar a confiança do consumidor para uma marca que tem pouco mais de um ano no mercado.

A empresa vai produzir este ano 40 mil unidades, sendo metade na fábrica de Anápolis, em Goiás, e a outra metade em Jacareí.

 

]]>
0
Início de ano, boa hora para comprar http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/02/14/inicio-de-ano-boa-hora-para-comprar/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/02/14/inicio-de-ano-boa-hora-para-comprar/#respond Thu, 14 Feb 2019 15:53:15 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=9410

Foto: Divulgação

Qual é o melhor momento para comprar um carro zero? Na verdade, qualquer hora é boa se você procurar bem e encontrar uma boa oferta, que, afinal, estão por aí durante todo o ano. Mas dá pra dizer que o início do ano é um período propício para fazer um bom negócio.

Quais são as vantagens de fazer isso em janeiro ou fevereiro?

No início do ano você terá acesso a veículos com versões atualizadas, já modelo 2019, no caso, e portanto não core o risco de comprar um modelo 2018, que vai valer menos na hora da revenda. De qualquer forma, fique atendo na hora de fechar o negócio, porque algumas concessionárias ainda têm a linha antiga.

Outra vantagem de comprar no início do ano é que é um período de vendas baixas, um momento de muitos compromissos financeiros, como o pagamento de IPVA, IPTU, gastos da escola dos filhos (matrícula, material escolar, etc), e as concessionárias acabam fazendo promoções para desovar o estoque que sobrou do ano anterior.

Mas a regra principal para quem vai comprar, a qualquer tempo, é pesquisar o carro em vários sites de classificados.

 

Luiz Cipolli Junior

 

]]>
0
CG 160 Fan e Pop 110 lideram ranking de motos http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/02/13/cg-160-fan-e-pop-110-lideram-ranking-de-motos/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/02/13/cg-160-fan-e-pop-110-lideram-ranking-de-motos/#respond Wed, 13 Feb 2019 18:09:08 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=9407 São as únicas com mais de dez mil unidades em janeiro; veja o ranking das 20 motos mais vendidas

A CG 160 Fan e a Pop 110, ambas da Honda, ficaram praticamente empatadas no ranking de vendas de motos em janeiro, com 12,7% de participação cada uma, num mês em que as vendas totais cresceram 17,8% em relação a janeiro de 2018.

A CG 160 Fan é a líder de mercado com apenas 75 unidades a mais do que a Pop 110. A primeira vendeu 10.410 unidades e a segunda 10.335. São as únicas que venderam mais de 10 mil unidades no mês.

A NXR 160 Bros, terceira colocada, vendeu 9.328 unidades e ficou com 11,4% de participação; em seguida aparecem a CG 160 Start (8,021) e a Biz 125, com 7.650 unidades, fechando o Top Cinco.

Você reparou que até aqui só tem moto da Honda. A primeira Yamaha aparece apenas na nona posição, a XTZ 250, com 1.687 unidades. Antes dela tem mais três Hondas: a CG 160 Titan         (6.977), a Biz 110i (4.899) e a CB Twister (2.691 unidades). Outra Yamaha, a YS 250 Blueflex fecha a lista das de motos mais vendida sem janeiro, com 1.574 unidades.

Veja o ranking das motos mais vendidas em janeiro e a participação de cada uma no mercado total

]]>
0
Venda e produção de motos crescem em janeiro http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/02/13/venda-e-producao-de-motos-crescem-em-janeiro/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/02/13/venda-e-producao-de-motos-crescem-em-janeiro/#respond Wed, 13 Feb 2019 17:46:54 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=9405  

“Cenário é favorável”, considera Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo

Com 84.106 unidades, o setor de motocicleta começa o ano em crescimento, num indicativo de que a produção deve alcançar a projeção estabelecida pelos fabricantes para este ano, de aumento de 4,2% em relação a 2018.

O aumento em janeiro foi de 245 em relação a dezembro e de 3,4% na comparação com o mesmo mês do ano passado.

“O cenário macroeconômico é bastante favorável: temos inflação sob controle, queda nas taxas de juros e nos índices de inadimplência. Esse tripé levou o consumidor às concessionárias” disse o presidente da Abraciclo,a associação dos fabricantes, Marcos Fermanian.

Dados do Renavam revelam aumento também nas vendas, com 90.704 motos licenciadas, 17,8% a mais que em janeiro do ano passado  (76.993 unidades) e alta de 7,9% em relação a dezembro (84.063 unidades).

A categoria Street (moto de baixa cilindrada de uso urbano) foi a mais vendida, com mais da metade de todos os licenciamentos em janeiro: 44.146 unidades ou 54,1% de participação.

]]>
0
Toyota projeta recordes de produção e vendas http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/02/12/toyota-projeta-recordes-de-producao-e-vendas/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2019/02/12/toyota-projeta-recordes-de-producao-e-vendas/#respond Tue, 12 Feb 2019 18:56:47 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=9399 – Em seis anos, empresa cresceu 76% e aumentou participação de 3,1% para 7,8%
– Para 2019, ano do Corolla híbrido flex, previsão de crescimento é de 9,5%

Otimismo é o que não falta à Toyota, que fechou 2018 com o melhor desempenho de sua história no Brasil, registrando 200 mil carros vendidos (exatamente 200.138 unidades, veja ranking) e faz uma estimativa muito positiva para este ano.

Steve St. Angelo, CEO da Toyota América Latina e Caribe, disse em coletiva de imprensa nesta terça-feira (12/2/19) em São Paulo, que a empresa projeta dar continuidade em 2019 ao “ciclo virtuoso de crescimento, que tem proporcionado à marca elevar o patamar de vendas a quatro anos consecutivos”.

A Toyota teve um crescimento de vendas de 76% nos últimos seis anos (de 2012 a 2018), período em que o mercado total apresentou queda de 16,5%. Essa inversão de comportamento fez a Toyota aumentar substancialmente a participação no mercado, de 3,1% em 2012 para 7,8% hoje.

A empresa reafirmou o compromisso de investimentos em novos produtos, na busca pela eficiência e com isso projeta novo aumento de vendas, de 9,5% sobre o ano passado, com vendas de 219 mil unidades. Confirmou também a produção no Brasil do primeiro híbrido flex do mundo ainda neste ano, que deverá ser uma versão do Corolla, e não do Prius, conforme tínhamos previsto. A fábrica de Indaiatuba, onde é feito o Corolla, recebeu investimentos de R$ 1 bilhão no ano passado para a atualização da linha de montagem.

Em relação à produção, a Toyota estima crescimento de 7,6%, com 225 mil veículos este ano (em 2018 foram 209 mil), sendo que uma boa parte (28,2% ou 65 mil carros) é exportada para países da América Latina. O Etios e o Corolla são exportados para seis países; o Yaris para a Argentina e Colômbia.

A composição do mercado brasileiro inclui importação da Hilux e do SW4 da Argentina, num total de 35 mil unidades. RAV 4 (200 unidades), Camry (200), Prius (2.400) e a linha Lexus (2.200) complementam o portfólio da empresa no Brasil.

A Toyota cresce também no âmbito da América Latina, onde vendeu, no ano passado, mais de 400 mil veículos, crescimento de 5% sobre 2017. A região representou 14% do crescimento da empresa no mundo no ano passado. De 2012 a 2018 a marca cresceu 87% na produção e 37% em vendas, com aumento de 5,2% para 9,5% no continente.

]]>
0