O Mundo em Movimento http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br O blog O Mundo em Movimento tem a pretensão de falar sobre vários assuntos, além do mundo do automóvel. Fri, 18 Sep 2020 16:51:41 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=4.7.2 Vendas em recuperação, mas defasagem ainda é grande http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2020/09/18/vendas-em-recuperacao-mas-defasagem-ainda-e-grande/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2020/09/18/vendas-em-recuperacao-mas-defasagem-ainda-e-grande/#respond Fri, 18 Sep 2020 16:51:41 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=11566 1ª quinzena de setembro registra quase 100 mil licenciamentos; no ano a queda é de 34%

Com quase 100 mil carros licenciados, a primeira quinzena de setembro mantém um ritmo crescente de vendas, num sinal de que o setor se recupera gradativamente do choque causado pela pandemia do coronavírus.

Foram comercializados exatamente 98.896 carros e comerciais leves, o que representa um aumento de 16% sobre a primeira quinzena de agosto, que fechou com 85.246.

A venda diária, informação que melhor indica o movimento do mercado, foi a segunda mais alta durante a pandemia. Com 8.241 carros por dia, o resultado só perde para agosto no período. Veja quadro.

Mas o volume de negócios ainda é fraco: a primeira quinzena de setembro teve queda de 15% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram licenciados 112.208 carros.

No acumulado do ano a defasagem é ainda maior: com apenas 1.198.866 unidades até agora, o resultado é 34% inferior ao comercializado no ano passado: 1.824.304.

Fiat na frente

Com 18.789 carros vendidos, a Fiat assume provisoriamente a liderança do mercado, com 19% de participação. A marca italiana colocou três modelos entre os dez mais vendidos: além da Strada, que segue na vice-liderança, o Argo ficou em sétimo lugar e o Mobi em nono. A GM ficou com a segunda posição, com 17,2% e a Volkswagen em terceiro, com 16,7%.

Veja a lista das dez marcas mais vendidas na primeira quinzena de setembro

]]>
0
Vendas caem e preço vai subir http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2020/09/11/vendas-caem-e-preco-vai-subir/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2020/09/11/vendas-caem-e-preco-vai-subir/#respond Fri, 11 Sep 2020 21:03:43 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=11564 Reajuste nos preços deve dificultar ainda mais a recuperação do setor

Enquanto alguns setores da indústria registraram alta em agosto, como os licenciamentos e também ao usados, os importados tiveram queda de 4,5% ante julho último com 2.704 unidades licenciadas. Em relação ao mesmo mês de 2019, a queda foi de 10,8%.

No mês anterior (julho) os licenciamentos chegaram a 2.831 unidades.

Este número representa as 15 marcas associadas à Abeifa, associação que reúne fabricantes e importadores.

Com esses resultados, o acumulado do ano está sofrendo queda de 23,4%. De janeiro a agosto foram emplacadas 17.008 unidades, contra 22.199 no ano passado.

Das marcas associadas, quatro também têm produção nacional: Caoa Chery, BMW, Suzuki e Land Rover. Estas somaram 2.761 unidades licenciadas, aumento de 1,4% em relação a julho último (2.724 unidades), e queda de 0,1% ante agosto de 2019 (2.763 unidades).

No acumulado do ano, a produção teve baixa de 13,3%: 17.297 unidades emplacadas, contra 19.943 em 2019.

Para João Oliveira, presidente da associação, esta é a hora de começar a revisar as projeções, já que faltam apenas quatro meses para o final do ano.

“Depois de obter uma alta no em julho, infelizmente em agosto não deu para manter a tendência de crescimento. As associadas tentaram segurar os preços mesmo com as moedas estrangeiras em alta, mas, a partir de agora, com a chegada de novos lotes de importação e mesmo os veículos aqui fabricados, a tendência é que os preços sejam reajustados”, contou o presidente.

]]>
0
Biocombustíveis podem reduzir a mudança no clima http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2020/09/11/biocombustiveis-podem-reduzir-a-mudanca-no-clima/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2020/09/11/biocombustiveis-podem-reduzir-a-mudanca-no-clima/#respond Fri, 11 Sep 2020 20:56:27 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=11561

Foto: Leo Ramos Chaves/Pesquisa FAPESP

Já há consenso sobre a contribuição dos biocombustíveis para uma matriz energética mundial mais limpa, mas os benefícios líquidos da bioenergia na mitigação de gases de efeito estufa (GEE) ainda são um tema controverso. Contra a sustentabilidade dos biocombustíveis, argumenta-se, por exemplo, que a conversão de terras não agrícolas em lavouras de culturas energéticas pode resultar em grande redução inicial de armazenamento do carbono estocado – conhecida como “dívida de carbono”.

Um estudo realizado por um grupo internacional de pesquisadores, publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), contribui para resolver essa discórdia.

A pesquisa indicou que o cultivo de switchgrass – gramínea que cresce em muitas regiões da América do Norte – para produção de etanol celulósico nos Estados Unidos tem potencial de mitigação de GEE por hectare comparável ao reflorestamento e várias vezes maior do que a restauração por pastagens.

A expectativa é que o avanço das tecnologias e a integração de captura e armazenamento de carbono a curto prazo (CCS) melhorem ainda mais o potencial de mitigação de sistemas de bioenergia por hectare por um fator de, aproximadamente, seis em relação ao desempenho atual, aponta o estudo.

O trabalho foi apoiado pela Fapesp por meio de um projeto conduzido pelo pesquisador John Joseph Sheehan, da Universidade de Minnesota (Estados Unidos), na Faculdade de Engenharia Agrícola (Feagri) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), no âmbito do programa São Paulo Excellence Chair (SPEC).

Veja a reportagem completa de Elton Alisson, da Agência Fapesp, no link https://agencia.fapesp.br/estudo-aponta-estrategia-para-mitigar-a-mudanca-no-clima-por-meio-da-adocao-de-biocombustiveis/34102/

]]>
0
Começou o VII Prêmio Autoinforme de Estudantes de Jornalismo http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2020/09/11/comecou-o-vii-premio-autoinforme-de-estudantes-de-jornalismo/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2020/09/11/comecou-o-vii-premio-autoinforme-de-estudantes-de-jornalismo/#respond Fri, 11 Sep 2020 20:40:51 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=11558

Estão abertas as inscrições para mais uma edição do Concurso Cultural –Prêmio Autoinforme de Estudantes de Jornalismo, que pelo sétimo ano consecutivo vai reunir estudantes de universidades brasileiras em torno do jornalismo especializado no setor automotivo.

Em sua sétima edição, o Prêmio tem mais uma vez o apoio da Hyundai Motor Brasil e se solidifica como um dos mais importantes do setor, atraindo a atenção de estudantes das mais renomadas faculdades de jornalismo do País, com o apoio contundente de professores, coordenadores e dirigentes de instituições de ensino, que colaboram com entusiasmo, num reconhecimento de que o evento é um importante instrumento de aprendizagem e uma oportunidade de iniciação dos alunos no relacionamento com a vida profissional.

O objetivo do prêmio é apresentar o jornalismo automotivo aos futuros jornalistas e mostrar a eles as oportunidades de atuação e trabalho nos diversos segmentos do setor, tanto em veículos de comunicação como em assessorias de imprensa.

Como não poderia deixar de ser, o tema do VII Prêmio Autoinforme de Estudantes de Jornalismo vai tratar do mundo pós corona vírus, o chamado “novo normal”, com o objetivo de discutir as mudanças que a pandemia vai gerar no mundo da mobilidade.

Tema: “A mobilidade pós pandemia”

Serão duas categorias de premiação:

Reportagem de texto e Reportagem de rádio e/ou vídeo

Os autores dos melhores trabalhos (texto, rádio/vídeo) receberão o troféu correspondente.

O autor do melhor trabalho entre todos receberá um Notebook. O segundo e o terceiro colocados de cada categoria receberão uma placa de homenagem.

Os seis classificados serão convidados a uma visita monitorada à fábrica da Hyundai em Piracicaba, sendo recebidos pela diretoria da montadora.

Um dos participantes do prêmio – classificado ou não – será convidado a fazer um estágio na Agência Autoinforme.

Centenas de estudantes de dezenas de universidades participaram das seis edições anteriores do Prêmio Autoinforme de Estudantes de Jornalismo.

As faculdades interessadas poderão solicitar a apresentação do prêmio presencial e/ou uma palestra do jornalista Joel Leite sobre jornalismo especializado.

Faça já sua inscrição pelo site  http://www.premioautoinforme.com.br/

 

]]>
0
Aceleramos o Arrizo 6 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2020/09/09/aceleramos-o-arrizo-6/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2020/09/09/aceleramos-o-arrizo-6/#respond Wed, 09 Sep 2020 17:34:29 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=11552 Sedã da Caoa Chery destaca-se por ser o maior do segmento

O Arrizo 6 é a proposta da Caoa Chery para atuar num segmento importante, exigente, que atende o executivo, o consumidor já calejado, que gosta e conhece bem a tecnologia automotiva, os equipamentos modernos de conectividade segurança.

Fabricado em Jacareí, interior paulista, o Arrizo 6 é um sedã que oferece muito conforto e tem um ótimo acabamento interno, rico em detalhes e com bons equipamentos. Destaca-se por ser o maior e ter o maior porta-malas da categoria.

Na estrada, o motor 1.5 turbo flex acelera fácil e seus 150 cavalos de potência (com álcool) aliados ao câmbio CVT de nove velocidades leva o carro a uma velocidade final em torno de 200 km/h (dado oficial não foi divulgado pela montadora), sem muito esforço. É só pisar e em frações de segundo você sente a força do motor. As arrancadas e retomadas de velocidade dão segurança ao motorista: as repostas são rápidas.

Dirigibilidade agradável, agilidade nas respostas, uma condução desenvolvida pela engenharia da Caoa Chery para se adaptar ao modo de condução do brasileiro, que gosta de uma pegada mais agressiva independentemente do tipo de carro que está comprando

O carro traz o conceito de sedã fastback, que o deixa um visual mais elegante, juvenil, menos conservador, isso graças à forma como a linha do teto se liga à tampa do porta-malas. Esse formato melhora também a aerodinâmica.

Na parte frontal, uma grade com moldura cromada, faróis finos e que avançam nas laterais do carro. Na traseira, lanternas invadem o porta-malas, ligadas por uma barra cromada.

Com o maior porta-malas do segmento (570 litros) e maior comprimento (4,675m), o Arrizo disputa o mercado diretamente com os líderes do segmento: Corollla, Civic, Jetta e demais sedãs médios do mercado, que, juntos, vendem mais de 42 mil unidades mensais (dados de Julho de 2020). A proposta da Caoa é conquistar inicialmente apenas uma pequena parte desse bolo, cerca de 300 unidades mensais.

No interior, tela LCD de sete polegadas e multimídia de nove polegadas, ambas coloridas. Bancos, volante, partes do painel e das portas são revestidos com material de alta qualidade, com bom acabamento.

Versão 2021, o Arrizo 6 vem com teto solar elétrico, rodas de liga leve de 17 polegadas, sensor de estacionamento traseiro, direção elétrica, piloto automático, sistema auxiliar para partida em aclives, acendimento automático dos faróis e controles de rádio e outras funções no volante, que possui regulagem de altura mas não de profundidade.

Ar condicionado com comandos eletrônicos, banco do motorista com regulagem de altura e traseiros com encosto rebatível e descansa-braço central com porta-copos.

Câmera 360 graus, comando de climatização à distância, freio de estacionamento com acionamento eletrônico e função auto hold; destravamento das portas por aproximação, acionamento do motor por botão, rebatimento elétrico dos retrovisores e sistema de som com seis alto-falantes.

Em relação à segurança, o carro oferece airbags frontais e de cortina, laterais para motorista e passageiros. Tem controle eletrônico de estabilidade, controle eletrônico de tração, freio a disco nas quatro rodas com ABS e EBD, indicador de pressão e temperatura dos pneus e de portas abertas, sistema de fixação para cadeirinha de criança e sistema de alarme.

A parceria que a Caoa fez com a Chery está contribuindo para acabar com o estigma de que o carro chinês é isso ou aquilo. A montadora desenvolve os projetos visando o interesse e o costume do consumidor brasileiro e está nacionalizando gradualmente os seus produtos, o que facilita e reduz o custo de manutenção.

O Arrizo, versão única, custa R$ 108.750,00.

]]>
0
Mais conectada, Trailblazer 2021 tem wifi http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2020/09/04/mais-conectada-trailblazer-2021-tem-wifi/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2020/09/04/mais-conectada-trailblazer-2021-tem-wifi/#respond Fri, 04 Sep 2020 20:45:47 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=11545 Carro da GM ganhou também freio de emergência

O modelo 2021 do Trailblazer, utilitário esportivo de sete lugares da Chevrolet, vai chegar às concessionárias em setembro e traz atualizações no visual, melhorias mecânicas e estruturais e novas tecnologias de série.

O SUV chegará primeiro na versão topo de linha com tração 4X4 e motor 2.8 turbo diesel com câmbio automático de seis marchas. O motor ganhou nova turbina e nova central eletrônica que impulsiona o torque.

“Com os novos recursos, o motor agrega leveza e potência. O SUV faz de 0 a 10 km/h em 10,3 segundos”, contou Ricardo Fanucchi, diretor geral de engenharia da montadora.

Entre as atualizações tecnológicas está o wifi a bordo de série, que permite a conexão de até sete celulares com navegação 4G. Além disso, o carro é conectado e identifica a necessidade de manutenção básica e alerta o motorista por whatsapp.

O design passou por diversas mudanças, entre elas a nova grade frontal, reposicionamento do logo da montadora, farois de led e novos farois auxiliares, novo para-choque com moldura para diminuir o impacto em terrenos fora de estrada. As rodas de 18 polegadas dão ao SUV aparência esportiva.

Na parte traseira, destaque para nova câmera de ré que além de emitir alerta de colisão, agora manda imagens em alta definição para a cabine.

Na segurança, o carro se destaca pelos seis airbags, alerta de colisão frontal, alerta de saída de faixa, alerta de ponto cego e controle de estabilidade. O modelo 2021 traz como novidade os freios de emergência, mas este recurso só funciona quando o carro está andando a até 80 km/h.

O Trailblazer está disponível em sete opções de cor: branco, cinza, prata, preto e as duas cores inéditas cinza claro e azul.

O preço ainda não foi divulgado.

]]>
0
Demissões chegam a 4,1 mil na pandemia http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2020/09/04/demissoes-chegam-a-41-mil-na-pandemia/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2020/09/04/demissoes-chegam-a-41-mil-na-pandemia/#respond Fri, 04 Sep 2020 18:36:02 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=11543  Segundo os fabricantes, a maioria das demissões foi por término de contratos ou acordos

Luiz Carlos Moraes, presidente da Anfavea

A indústria automobilística eliminou mais 700 postos de trabalho em agosto, somando 4,1 mil durante o período da pandemia, que começou em março com queda da produção e das vendas.

O fundo do poço ocorreu em abril, quando as vendas despencaram a 47,4 mil unidades (gráfico 1) e a produção caiu a praticamente zero (gráfico 2).

As vendas vêm se recuperando, com um volume importante de 165,5 mil unidades em agosto.

“Todos os fabricantes estão usando instrumentos para proteger o emprego nesse momento de pandemia, tentando manter o quadro, principalmente por causa da qualidade da nossa mão de obra”, disse o presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes, lembrando que a maior parte das demissões ocorreu pelo término de contratos temporários que não forma renovados, acordos entre as partes e adiantamento de aposentadorias.

O dirigente, no entanto, alertou que considera inevitável mais demissões num futuro próximo, considerando as condições do mercado interno. Mas avalia que também a queda nas exportações vai afetar a mão de obra no Brasil, uma vez os principais compradores da indústria – países da América do Sul – estão passando por grandes dificuldades por causa da pandemia de coronavírus.

]]>
0
Produção cresce 23% em agosto http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2020/09/04/producao-cresce-23-em-agosto/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2020/09/04/producao-cresce-23-em-agosto/#respond Fri, 04 Sep 2020 15:03:50 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=11541 Crescimento anima fabricantes, mas números ainda são fracos: foi o pior agosto desde 2016.

Saíram das linhas de montagens das fábricas de veículos no Brasil 210 mil unidades de veículos automotores em agosto, um número ainda distante da realidade anterior à pandemia de cornoravírus, mas 23,6% maior do que a produção de julho (170,7 mil unidades), o que animou os fabricantes.

“Estamos calibrando a produção conforme a demanda”, disse Luiz Carlos Moraes, presidente da Anfavea, na apresentação do balanço do mês feita na manhã desta sexta-feira (4/9/20) pela internet.

O dirigente destacou que a produção ainda é muito baixa, com 60 mil unidades a menos (-22%) em relação a agosto do ano passado. No acumulado do ano forma produzidos 1,ll milhão de veículos, ou seja, 900 mil a menos do que no mesmo período do ano passado. “Esse número é equivalente a quase quatro meses de produção”, destacou Luiz Carlos.

Já o volume de vendas no mercado interno cresceu 5,1%, com 183,4 mil unidades no mercado total, isto é, carros, comerciais leves, caminhões, ônibus e máquinas agrícolas, “um número muito bom”, disse Luiz Carlos Moraes, destacando que foi o melhor mês da pandemia, conforme  a Autoinforme adiantou em matéria publicada já no primeiro dia no mês. Mas foi também o pior agosto desde 2006.

 

]]>
0
Juntas, GM e Honda vão reduzir custos e compartilhar tecnologia http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2020/09/03/juntas-gm-e-honda-vao-reduzir-custos-e-compartilhar-tecnologia/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2020/09/03/juntas-gm-e-honda-vao-reduzir-custos-e-compartilhar-tecnologia/#respond Thu, 03 Sep 2020 19:42:45 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=11538 Japonesa vai produzir dois elétricos na plataforma da parceira, nos EUA

 

GM e Honda estão iniciando nesta quinta-feira (3/9/20) uma parceria nos Estados Unidos com o objetivo de compartilhar plataformas de veículos e sistemas de propulsão em veículos elétricos e tecnologias, de forma que as duas montadoras acelerem a inovação e implementem recursos de tecnologias avançadas e de próxima geração de forma mais eficaz.

Os representantes das duas empresas assinaram de um compromisso de uma aliança automotiva na América do Norte, que estende também à cooperação em compras, pesquisa e desenvolvimento, e serviços conectados. O objetivo é fazer com que A aliança alavanque as melhores tecnologias e gere eficiências de custo substanciais.

As duas montadoras já têm parceria no desenvolvimento de células a combustível, baterias e o veículo autônomo compartilhado.

Já está definido que a Honda vai desenvolver dois carros elétricos com a plataforma EV global GM. O trabalho de engenharia começará no início de 2021.

“Esta aliança ajudará as duas empresas a acelerar o investimento em futuras inovações em mobilidade, disponibilizando recursos adicionais. Dado nosso forte histórico de colaboração, as empresas perceberam sinergias significativas no desenvolvimento do portfólio atual de veículos”, disse Mark Reuss, presidente da General Motors.

“Por meio dessa nova aliança com a GM, podemos alcançar eficiências de custo substanciais na América do Norte, o que nos permitirá investir em tecnologia de mobilidade futura, enquanto mantemos nossas próprias ofertas de produtos distintos e competitivos”, disse Seiji Kuraishi, vice-presidente executivo da Honda Motor Co., Ltd.

]]>
0
Mercedes-Benz elétrico custa quase 600 mil http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2020/09/03/mercedes-benz-eletrico-custa-quase-600-mil/ http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/2020/09/03/mercedes-benz-eletrico-custa-quase-600-mil/#respond Thu, 03 Sep 2020 19:40:42 +0000 http://omundoemmovimento.blogosfera.uol.com.br/?p=11531

O primeiro carro elétrico que a Mercedes Benz traz ao Brasil é o, que une design simples e elegante, tecnologia, desempenho e a proposta da empresa de zero emissões.

“A chegada do EQC ao Brasil é um passo importante para a marca, que está em busca da direção sustentável com soluções que diminuam o impacto da emissão de poluentes pela mobilidade urbana”, disse Holger Marquardt, presidente da Mercedes na América Latina.

O carro tem dois motores elétricos, com bateria de íons-lítio de 80 kWh e 408 cavalos de potência. A autonomia é de 445 km na rodovia e 471 km na área urbana.

O interior do elétrico tem diversos atributos tecnológicos, como os bancos dianteiros com ajuste elétrico, sistema de som de alta performance e sistema de info-entretenimento com comando de voz. Os detalhes do painel são cromados.

O EQC vem ainda com um carregador portátil para situações de emergência.

A marca também fechou parceria com a Enel X, de distribuição de energia, para a instalação de carregadores na casa dos clientes.

Apesar dos diversos recursos, o carro não é para todos os bolsos, assim como a maioria dos elétricos que chegam ao Brasil. O EQC já está à venda nas concessionárias por R$ 575.000,00.

]]>
0