Topo
O Mundo em Movimento

O Mundo em Movimento

Categorias

Histórico

Brasil vai produzir primeiro híbrido flex do mundo

Joel Leite

13/12/2018 09h12

Desenvolvido pela engenharia brasileira e japonesa, Toyota Prius começa a ser fabricado no ano que vem

 

O primeiro carro híbrido do mundo com um motor flex será produzido pela Toyota no Brasil, desenvolvido pela engenharia da empresa no Japão com apoio de engenheiros brasileiros e a participação de produtores de cana-de-açúcar.

Lançado em 1997, o Prius é o híbrido mais vendido no mundo, tem um motor a combustão e outro elétrico. O Prius que será fabricado no Brasil terá como adicional o uso do álcool, já que o motor a combustão tem tecnologia flex, podendo usar gasolina ou álcool. O projeto teve como objetivo extrair o potencial máximo de cada solução: alta eficiência, baixos níveis de emissões e capacidade de reabsorção dos impactos de gás carbono, ao utilizar combustível 100% renovável.

O Prius flex começa a ser produzido no último trimestre do ano que vem, mas o carro já anda em testes em estradas brasileiras, para avaliar o sistema motor-transmissão quando abastecido com álcool e testar a durabilidade do carro em diversos tipos de piso.

O anúncio da produção do primeiro híbrido flex do mundo foi feito nesta quinta-feira (13/12) em Brasília, com a presença do presidente da República, Michel Temer.

"A história da Toyota é caracterizada por grande coragem frente aos novos desafios e em sua busca incessante por soluções inovadoras e tecnológicas. Foi assim com o lançamento do Prius em 1997, e é assim agora com a confirmação da produção deste que será o híbrido mais limpo do mundo. Este é um marco, não só para a Toyota do Brasil, mas para toda a indústria nacional e estou muito orgulhoso dos nossos engenheiros, que trabalharam em conjunto com a equipe de nossa matriz para oferecer esta solução híbrida a etanol aos clientes brasileiros", disse Steve St.Angelo, CEO da Toyota América Latina.

Estudos realizados pela Toyota do Brasil apontam que o híbrido flex possui um dos mais altos potenciais de compensação e reabsorção na emissão de CO2 gerado desde o início do ciclo de uso do etanol extraído da cana-de-açúcar, passando pela disponibilidade nas bombas de abastecimento e sua queima no processo de combustão do carro. Quando abastecidos apenas com etanol (E100), os resultados se mostraram ainda mais promissores.

"Os testes do Prius híbrido flex envolveram diversos agentes, como governo, entidades, fornecedores, concessionários e, claro, nossos colaboradores, que trabalham incessantemente sob a filosofia da melhoria contínua. Além disso, destaca o Brasil no cenário mundial das alternativas para a eletro mobilidade, como produtor de um dos automóveis mais limpos do mundo, em consonância com o Programa Rota 2030", disse Rafael Chang, presidente da Toyota do Brasil.

A visão da Toyota compreende seis desafios de sustentabilidade. Dentre eles, reduzir os impactos negativos causados por automóveis ao meio ambiente para o mais próximo possível de zero, gerando diversos benefícios para o meio ambiente e a comunidade. O Desafio Ambiental Global 2050 visa neutralizar a emissão de CO2 até a metade do século em novos veículos, no ciclo de vida dos produtos e nas unidades industriais da Toyota de todo o mundo.

Joel Silveira Leite

Joel Silveira Leite é jornalista e pós graduado em Semiótica e Meio Ambiente. Diretor da Agência AutoInforme, responde pelos sites AutoInforme e EcoInforme. Apresenta o Boletim AutoInforme nas rádios Bandeirantes, Band News e Sulamérica Trânsito. É colunista em várias publicações.

O Mundo em Movimento

O blog O Mundo em Movimento tem a pretensão de falar sobre vários assuntos, além do mundo do automóvel, aventurando-se a discutir política, economia, mídia, sociedade, meio ambiente, gastronomia e postando artigos de terceiros que julgar interessantes.