PUBLICIDADE
Topo

Histórico

O Mundo em Movimento

Venda de carros tem o pior trimestre desde 2009

Joel Leite

01/04/2015 08h05

– Com apenas 648.952 mil carros, trimestre tem queda de 16,2%

Servicos_transito

Bem que o setor automobilístico gostaria que essa notícia fosse a grande mentira deste Primeiro de Abril, mas é pura verdade: o primeiro trimestre de 2015 fechou como o pior dos últimos seis anos.

Desde o período janeiro-março de 2009 o mercado não estava tão fraco.

Formam vendidos nos três primeiros meses do ano 648.952 mil carros, contra 774,4 mil de janeiro a março do ano passado, uma queda de 16,2%.

Na comparação com fevereiro houve um aumento expressivo de vendas, + 26%: foram 225.902 unidades contra 179.221 no mês anterior. Mas não há nada a comemorar porque esse falso crescimento é resultado do maior número de dias úteis. Em fevereiro houve apenas 17 dias de vendas, contra 22 em março.

Tanto que as vendas diárias caíram, o que indica uma redução no ritmo do mercado: em fevereiro foram vendidas 10.542 unidades por dia, contra 10.268 em março.

O ranking de março não apresenta surpresa, com Fiat na frente, seguida por GM e Volkswagen. Mas as três grandes estão perdendo participação, enquanto as médias (Ford, Hyundai, Renault e Toyota) cresceram em relação ao ano passado. A Fiat ficou com 18%, a GM com 16,4% e a Volkswagen com 15,5%. A Ford manteve a participação em torno dos 10% (10,l5%) enquanto Hyundai, Renault e Toyota ficaram pouco abaixo dos 8%

Honda, Nissan e Mitsubishi completam a lista das dez marcas mais vendida no mês

Veja o ranking por marca de março 2015

Joel Silveira Leite

Joel Silveira Leite é jornalista e pós graduado em Semiótica e Meio Ambiente. Diretor da Agência AutoInforme, responde pelos sites AutoInforme e EcoInforme. Apresenta o Boletim AutoInforme nas rádios Bandeirantes, Band News e Sulamérica Trânsito. É colunista em várias publicações.

O Mundo em Movimento

O blog O Mundo em Movimento tem a pretensão de falar sobre vários assuntos, além do mundo do automóvel, aventurando-se a discutir política, economia, mídia, sociedade, meio ambiente, gastronomia e postando artigos de terceiros que julgar interessantes.