Topo
O Mundo em Movimento

O Mundo em Movimento

Categorias

Histórico

Itirapina, para uma produção mais competitiva

Joel Leite

2027-03-20T19:17:12

27/03/2019 17h12

 

Mais moderna e ecológica, nova fábrica da Honda inicia (finalmente) a produção

 

Ano 2013. O Brasil é o quarto maior fabricante de carros do mundo, 3,8 milhões de carros vendidos no mercado interno e expectativa de chegar a cinco milhões em poucos anos. Em plena expansão, a Honda inicia a construção de mais uma fábrica no Brasil.

Mas em 2014 veio a crise, o mercado refluiu e continuou caindo nos anos seguintes.

Prudente, a empresa finalizou a construção da fábrica na cidade de Itirapina, a 200 km da Capital paulista, instalou maquinários, linhas de montagem, mas não iniciou a produção.

Só ontem, seis anos depois, é que a unidade foi inaugurada. Essa decisão, no entanto, não está calcada numa grande perspectiva de crescimento do mercado brasileiro, mas, conforme o presidente da Honda Sul América, Issao Mizoguchi, "uma opção da empresa em fazer uma operação mais competitiva, uma vez que a fábrica de Itirapina é mais moderna, mais ecológica e tem maior flexibilidade".

Uma das melhorias em relação ao meio ambiente é a cabine de pintura à base de água instalada na nova unidade, enquanto a pintura da fábrica de Sumaré é feita ainda com solventes, sistema altamente poluente. Issao destacou que toda a produção das fábricas da empresa no Brasil é feita com o uso de energia renovável, proveniente do parque ecológico que a empresa mantém na cidade de Xangri-lá, no Rio Grande do Sul.

A intenção é levar toda a produção feita hoje em Sumaré para Itirapina. Começou com o Fit, com 90 unidades por dia e a participação de 450 funcionários. No segundo semestre deste ano Itirapina inicia a produção do WR-V. Em seguida serão fabricados o HR-V, o City e o Civic, quando mais dois mil funcionários serão transferidos de Sumaré para Itirapina. A Honda ofereceu benefícios para a mudança e o resultado foi muito positivo: 90% dos funcionários aceitaram as condições para a transferência.

Para o presidente da Anfavea, Antonio Megali, a inauguração da fábrica da Honda sinaliza a esperança do setor em dias melhores, destacando que em 2017 o mercado já deu sinais de recuperação e cresceu 14% em 2018. Para 2019, o dirigente disse que a projeção de 3, l milhões de unidades produzidas e de 2,9 milhões vendidas no mercado interno estão se confirmando, informando que até o dia de ontem (27/2), o crescimento em relação ao ano passado é de 10,6%.

Presente na cerimônia de inauguração, o governador de São Paulo, João Doria, parabenizou a Honda e convidou a empresa a ampliar seus investimentos em São Paulo para se beneficiar do programa Incentivauto, feito para a GM, mas que pode atender outras montadoras. O programa prevê desconto no ICMS para as fábricas que investirem a partir de R$ 1 bilhão e abrirem 400 novas vagas no seu quadro de funcionários.

"A GM anunciou sua saída do Brasil, mas reverteu a intenção com a adesão ao programa Incentivauto", disse o governador, destacando que a empresa, em vez de deixar o País, resolveu investir R$ 10 bilhões em usas fábrica paulistas.

Joel Silveira Leite

Joel Silveira Leite é jornalista e pós graduado em Semiótica e Meio Ambiente. Diretor da Agência AutoInforme, responde pelos sites AutoInforme e EcoInforme. Apresenta o Boletim AutoInforme nas rádios Bandeirantes, Band News e Sulamérica Trânsito. É colunista em várias publicações.

O Mundo em Movimento

O blog O Mundo em Movimento tem a pretensão de falar sobre vários assuntos, além do mundo do automóvel, aventurando-se a discutir política, economia, mídia, sociedade, meio ambiente, gastronomia e postando artigos de terceiros que julgar interessantes.