Topo
O Mundo em Movimento

O Mundo em Movimento

Categorias

Histórico

Aceleramos o esperto T-Cross 1.0

Joel Leite

2029-03-20T19:15:26

29/03/2019 15h26

Modelo 200 TSI completa a família do SUV da Volkswagen

Prestes a chegar às concessionárias, a versão 1.0 TSI de três cilindros não decepciona com a lista de equipamento e tem um ótimo desempenho. Nós aceleramos o modelo de entrada da família T-Cross, que agora ficou completa (a versão com motor de 150 cavalos foi lançada em fevereiro).

Em três versões de acabamento, o T-Cross 200 TSI custa a partir de R$ 84.990,00 (versão manual). A versão com câmbio automático sobe para R$ 94.490,00 e a Comfortline vai para R$ 99.990,00

Nos pouco mais de 100km entre a Barra da Tijuca e Mangaratiba, no Rio de Janeiro, o T-Crosss 1.0 não decepcionou. Ao contrário: o motor de três cilindros alimentado por turbo e injeção direta oferece uma boa arrancada e boas retomadas de velocidade, não deixa a dever nada para aos concorrentes com motores de maior cilindrada.

O câmbio tem mudanças rápidas e suaves e o escalonamento é focado na economia. Em mudanças manuais de marchas, pelas aletas atrás do volante, o T-Cross 200 TSI mostra uma pegada mais esperta e prazerosa, tanto na condução urbana como na estrada.

A suspensão absorve bem as imperfeições do solo e mostra um comportamento estável em curvas não permitindo tanto a rolagem de carroceria.

O único ponto fraco é o acabamento interno, com excesso de plástico rígido, mais evidente no painel e no forro de portas. É um material de qualidade inferior em relação ao usado nos concorrentes Renegade e HR-V. No segmento em que o modelo atua – com preços em torno de R$ 100 mil – espera-se um acabamento mais refinado.

O motor 200 TSI desenvolve potência de 128 cv quando abastecido com etanol e 116 cv com gasolina. O torque máximo é de 200 Nm (20,4 kgfm), com gasolina ou etanol, sempre na faixa de 2.000 a 3.500 rpm.

Esse motor pode ser combinado a duas opções de câmbio, ambas de seis marchas: manual ou automática com função tiptronic, que também conta com as aletas no volante para troca de marcha.

O T‑Cross 200 TSI manual acelera de 0 a 100 km/h em 9,6 segundos e atinge 189 km/h. Com o câmbio automático, vai de 0 a 100 km/h em 10,4 segundos e atinge 184 km/h.

Segundo Inmetro, o consumo combinado (cidade/estrada) do T-Cross manual é de 13,1 km/l quando e 9,1 km com um litro de etanol. Já equipado com câmbio automático, são 12 km/l com e 8,4 km/l quando abastecido com etanol.

Veja a lista de equipamentos de cada versão:

T-Cross 1.0 TSI 200 MT – R$ 84.990,00

Essa versão traz de série: câmbio manual de seis marchas, controle de estabilidade, seis airbags (frontal, lateral e tipo cortina), freios a disco nas quatro rodas, bloqueio eletrônico do diferencial, direção elétrica com ajuste de altura e profundidade, assistente para partida em rampas, sensor de estacionamento traseiro, isofix para fixação de cadeirinhas, faróis de neblina, luzes de condução diurna de led, lanternas traseiras em led, banco dianteiro do passageiro com encosto rebatível, suporte para celular com entrada USB para carregamento, travas e vidros elétricos e volante multifuncional. Como opcional, inclui sistema de som composition touch com tela de 6,5 polegadas e App-Connect, dois alto-falantes adicionais (além dos quatro de série) e App-Connect, câmera de ré para auxílio em manobras e sensores dianteiros de estacionamento.

T-Cross 1.0 TSI AT – R$ 94.490,00

Adiciona-se a versão anterior: câmbio automático de seis marchas, controle automático de velocidade, apoio de braço central com porta-objetos, volante multifuncional revestido de couro com borboletas para troca de marchas, saída traseira de ar-condicionado com duas entradas USB, sistema de som Composition Touch com tela de 6,5 polegadas e App-Connect. Como opcional, o pacote Interactive II custa R$ 1.590,00, inclui câmera de ré e sensores dianteiros de estacionamento e espelhos retrovisores externos com rebatimento elétrico.

T-Cross Comfortline 1.0 TSI AT – R$ 99.990,00

Essa versão acrescenta: ar-condicionado digital, banco do motorista com ajuste lombar, câmera de ré, indicador de pressão dos pneus, manopla da alavanca de câmbio revestida de couro, porta-luvas refrigerado, sistema de variação do espaço do porta-malas, rodas de alumínio de 17 polegadas com pneus 205/55 R17, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro e sistema de frenagem automática pós-colisão, detalhes cromados na grade dianteira, colunas centrais pintadas em preto brilhante e para-choque traseiro com apliques cromados na região inferior. Para essa versão há quatro pacotes opcionais:

1) Exclusive & Interactive (R$ 3.950,00) inclui sistema multimídia "Discover Media" com GPS, tela de 8 polegadas, comando de voz e entrada USB no console central, seletor do modo de condução (eco,normal, individual e sport), sistema de abertura das portas sem chave e partida do motor por botão; espelhos retrovisores externos com rebatimento elétrico e tapetes de carpete.

2) Sky View II (R$ 4.800,00), traz o teto solar panorâmico, espelho retrovisor interno eletrocrômico e sensores de chuva e crepuscular.

3) Design View (R$ 1.950,00), traz bancos de couro com detalhes na cor "Marrakesh Brown" e apliques decorativos no painel com detalhes na cor bronze namíbia.

4) Premium (R$ 6.050,00), traz o sistema Park Assist 3.0, faróis full-LED com luz de condução diurna em LED e sistema de som "Beats" com subwoofer.

Luiz Cipolli Junior, de Mangaratiba, RJ

Veja também:

T-Cross entra na briga dos SUVs compactos

Joel Silveira Leite

Joel Silveira Leite é jornalista e pós graduado em Semiótica e Meio Ambiente. Diretor da Agência AutoInforme, responde pelos sites AutoInforme e EcoInforme. Apresenta o Boletim AutoInforme nas rádios Bandeirantes, Band News e Sulamérica Trânsito. É colunista em várias publicações.

O Mundo em Movimento

O blog O Mundo em Movimento tem a pretensão de falar sobre vários assuntos, além do mundo do automóvel, aventurando-se a discutir política, economia, mídia, sociedade, meio ambiente, gastronomia e postando artigos de terceiros que julgar interessantes.