Topo
O Mundo em Movimento

O Mundo em Movimento

Categorias

Histórico

Ford foi a marca que mais perdeu este ano

Joel Leite

2015-04-20T19:22:47

15/04/2019 22h47

– Marca fechou o trimestre com 8,3% das vendas, contra 9,4% em 2018; Hyundai, Honda, Nissan e Volkswagen também perderam

Veja a lista das marcas que venderam menos do que no ano passado

Enquanto algumas marcas aumentam consideravelmente a participação no mercado este ano, casos de Fiat, GM e Renault, outras perderam espaço no mercado interno nos três primeiros meses do ano. Depois de fechar 2018 com 9,4% de participação nas vendas de carros e comerciais leves, a Ford teve um desempenho ruim no primeiro trimestre, fechando o período com apenas 8,3%, perdeu, portanto, expressivo 1,1 ponto percentual, período em que o mercado aumentou as vendas em 11,3%.

A mesma perda foi registrada pela Hyundai, que caiu de 8,8% para 7,7% este ano (1,1 ponto a menos): vendeu 44.652 contra 45.454 no primeiro trimestre do ano passado.

Honda, Nissan e Volkswagen também tiveram perdas importantes: a Honda vendeu 31,6 mil carros este ano, contra 33.405 no trimestre de 2018, perdendo 0,9 ponto percentual (caiu de 6,3% para 5,4%). A Nissan ficou com 0,8 pp a menos (3,8% contra 4,6%, com 22.296 unidades contra 24.304) e a Volkswagen vendeu apenas 77.476, contra 82.294 no mesmo período do ano passado, o que a fez perder meio ponto de participação: caiu de 14,7% para 14,2%.

Veja a lista completa das marcas que mais perderam participação este ano

Para você ter um retrato completo do comportamento das marcas no primeiro trimestre, produzimos alguns rankings:

Joel Silveira Leite

Joel Silveira Leite é jornalista e pós graduado em Semiótica e Meio Ambiente. Diretor da Agência AutoInforme, responde pelos sites AutoInforme e EcoInforme. Apresenta o Boletim AutoInforme nas rádios Bandeirantes, Band News e Sulamérica Trânsito. É colunista em várias publicações.

O Mundo em Movimento

O blog O Mundo em Movimento tem a pretensão de falar sobre vários assuntos, além do mundo do automóvel, aventurando-se a discutir política, economia, mídia, sociedade, meio ambiente, gastronomia e postando artigos de terceiros que julgar interessantes.