Topo
O Mundo em Movimento

O Mundo em Movimento

Categorias

Histórico

Accelo é o caminhão mais valorizado

Joel Leite

2018-06-20T19:14:00

18/06/2019 14h00

Hyundai HR tem a menor depreciação no Selo Maior Valor de Revenda 2019

O Mercedes-Benz Accelo 1016 foi o caminhão que registrou a menor depreciação após três anos de uso, apenas 17,2%. Assim, foi o ganhador da certificação Maior Valor de Revenda Veículos Comerciais 2019 na categoria Caminhões. Na categoria de Utilitários de Carga, a campeã foi a camioneta Hyundai HR, que teve um índice de depreciação ainda menor: apenas 13,3% com três anos de uso.

Os campeões, a também os vencedores das nove categorias, foram homenageados nesta terça-feira, 18, na entrega dos troféus da 5ª edição do Selo Maior Valor de Revenda – Veículos Comerciais, da Agência AutoInforme, feita em parceria com a Revista Frota & Cia e Textofinal de Comunicação.

Outros sete modelos foram contemplados com o Selo Maior Valor de Revenda Veículos Comerciais em 2019. Na categoria Utilitários, além do Hyundai HR (camioneta de carga e campeão geral – 13,3%), venceram o Renault Master Furgão (furgão de carga – 13,5%), o Fiat Fiorino Furgão (furgoneta de carga – 15,9%) e o Mercedes-Benz Sprinter Van (minibus– 15,8%). No grupo Caminhões, o Mercedes-Benz Sprinter 415 (semileve – 19,3), 1419 Atego (caminhão médio – 24,8%), o Scania P 310 8×2 (semipesado – 21,8%), o Volvo FH 540 6×4 (pesado – 20,6%) e o próprio Mercedes-Benz Accelo 1016 (caminhão leve e campeão geral – 17,2%).

Embora o estudo de depreciação seja desenvolvido há 18 anos, a partir dos levantamentos da Molicar, é pela quinta vez que a AutoInforme faz a premiação do setor de utilitários e caminhões. A certificação tem o objetivo de estimular montadoras e importadoras a valorizar seus produtos e, por consequência, preservar os investimentos de caminhoneiros autônomos e frotistas.

Para formar o índice de depreciação foram considerados os preços dos veículos zero quilômetro praticados no primeiro trimestre de 2016 e seus modelos correspondentes com três anos de uso – janeiro a março deste ano –, geralmente prazo inicial de substituição para fins de renovação de frota.

Foram avaliados 105 modelos, sendo 89 de caminhões e 16 de utilitários, e excluídos os veículos cujo volume de licenciamento em 2018 foi inferior a 50 unidades.

A depreciação depende de vários fatores: do tamanho do veículo, da marca, da rede de revendedores, do cuidado que a marca tem em relação ao pós-vendas, além de aspetos como origem, volume de venda, aceitação no mercado.

A Mercedes-Benz venceu em 16 categorias nas cinco edições da Certificação. A Hyundai ganhou em quatro, sendo três vezes campeã geral; a Renault ganhou quatro vezes e a Volkswagen três. Fiat, Ford, Iveco, Scania e Volvo também venceram nas categorias.

Veja a lista dos campeões em cada categoria 

Joel Silveira Leite

Joel Silveira Leite é jornalista e pós graduado em Semiótica e Meio Ambiente. Diretor da Agência AutoInforme, responde pelos sites AutoInforme e EcoInforme. Apresenta o Boletim AutoInforme nas rádios Bandeirantes, Band News e Sulamérica Trânsito. É colunista em várias publicações.

O Mundo em Movimento

O blog O Mundo em Movimento tem a pretensão de falar sobre vários assuntos, além do mundo do automóvel, aventurando-se a discutir política, economia, mídia, sociedade, meio ambiente, gastronomia e postando artigos de terceiros que julgar interessantes.