PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Coronavírus faz indústria parar

Joel Leite

20/03/2020 18h11

Montadoras estão revendo medidas e todas deverão suspender as atividades nos próximos dias, conforme Anfavea

Diante da pandemia de coronavírus no Brasil, a indústria precisou se adaptar para diminuir a proliferação. Muitas montadoras já anunciaram o fechamento das fábricas, enquanto outras estão fazendo ações preventivas, mas a Anfavea, associação que reúne os fabricantes, já adiantou que todas estão reavaliando as medidas e deverão parar nos próximos dias.

A Toyota suspenderá a produção nas quatro unidades (São Bernardo do Campo, Sorocaba, Indaiatuba e Porto Feliz) a partir de 24 de março com retorno previsto para seis de abril. Apenas o fornecimento de peças de reposição vai continuar funcionando por telefone e canais online.

A Volvo vai parar a fábrica de Curitiba no próximo dia 30, por quatro semanas, onde são produzidos caminhões, ônibus, motores e caixas de câmbio. A medida vai afetar 3,7 mil funcionários que deverão ficar em férias coletivas neste período.

Já a Volkswagem vai parar a produção por três semanas a partir do dia 23 de março, mas até dia 30 a área administrativa continua em trabalho remoto e a linha de produção vai trabalhar com folgas alternadas, mesmo sem fabricar nenhum carro. A partir do dia 31 todos entrarão de férias coletivas por duas semanas.

Na Honda, a produção vai parar por 20 dias nas fábricas de Itirapina e Sumaré. Os funcionários da área de produção entrarão em férias coletivas enquanto a área administrativa vai trabalhar com regime home office. Já na fábrica de motos, em Manaus, a produção continua, mas a montadora segue o protocolo de prevenção ao vírus.

Na FCA, a suspensão das atividades no Brasil será gradual, mas até o dia 27 de março todas as unidades da montadora deverão parar e voltam em 21 de abril.

A BMW também vai parar: os funcionários da fábrica de Araraquara, interior de São Paulo, entrarão de férias coletivas no próximo dia 30 e devem voltar no dia 22 de abril.

A Pirelli, fabricante de pneus, suspendeu a produção por tempo indeterminado nas fábricas do Brasil e da Argentina, mas mantém as vendas por telefone e canais online.

Além disso, todas as montadoras intensificaram a limpeza nas fábricas, disponibilizaram álcool gel, estão alternando horário de almoço dos funcionários para evitar aglomeração e estão dando orientação de higiene pessoal.

Outras montadoras e empresas do setor também estão tomando medidas preventivas. Veja o que mudou:

GM

A produção da GM ainda não parou. As medidas de prevenção adotadas pela montadora foram:

– Área administrativa está funcionando sob regime de home-office;

– Limpeza foi intensificada nas fábricas;

– Orientação de como manter as mãos higienizadas;

– Cancelamento de todos os eventos presenciais;

– Concessão de férias coletivas a partir do dia 30 de março devido à queda na demanda;

– As concessionárias continuam abertas nas cidades em que o comércio ainda está permitido pelas autoridades locais.

Porsche

A produção da Porsche está parada no mundo todo. No Brasil, as lojas da marca em São Paulo e em Florianópolis estão fechadas – São Paulo fecha a partir desta sexta-feira (20) até cinco de abril e em Florianópolis fecha temporariamente a partir de 24 de março.

Nas demais unidades (Campinas, Ribeirão Preto, Porto Alegre, Curitiba, Rio de Janeiro e Recife), as concessionárias passam a funcionar temporariamente das 9:00 às 17:00 horas.

O atendimento ao cliente por telefone e e-mail continuam normalmente.

Mercedes-Benz

As medidas de prevenção adotadas pela Mercedes-Benz foram:

– Folgas debitadas em banco de horas nos dias 25, 26 e 27 de março, além de 20 de abril;

– Férias coletivas durante 20 dias, de 30 de março a 19 de abril;

– Previsto o retorno das atividades em 22 de abril, dependendo da situação do país;

– A partir de 18/3 até 24/3, a empresa antecipará a campanha de vacinação contra a gripe. A medida não tem relação direta com o coronavírus, mas ajuda a tranquilizar os colaboradores em casos de sintomas gripais;

– Serviços essenciais serão mantidos, com todos os cuidados necessários, a fim de atender os clientes que possuem veículos em circulação.

Caoa

A produção na Caoa continua, enquanto isso a empresa segue as recomendações de distanciamento e higiene nas fábricas. A área administrativa e pessoas que fazem parte do grupo de risco estão trabalhando em regime de home office.

Algumas reuniões internas e externas foram canceladas ou adiadas para evitar aglomeração.

Kia

A Kia segue as medidas protetivas recomendadas pelas autoridades de saúde, além de aumentar o limite de quilometragem para que os clientes não percam as revisões periódicas.

 Distribuidora de peças Takao

– O atendimento comercial e administrativo será mantido com parte da equipe trabalhando em home office e a outra parte na sede.

– Serão suspensos eventos, treinamentos internos e externos, reuniões em geral, viagens nacionais e internacionais até dia 17 de abril, visitas de equipes de promotores de campo até 31/03.

– Funcionários que continuarem trabalhando na sede terão horários diferenciados (para evitar maior fluxo de pessoas), respeitando distanciamento mínimo e a empresa vai dar reembolso de combustível e estacionamento paraquem pode ir trabalhar de carro ou vai pagar Uber aos funcionários para evitar o uso de transporte público.

Abrafiltros – Associação Brasileira das Empresas de Filtros e seus Sistemas

– Todas as reuniões da empresa foram canceladas e o fórum de debate, que aconteceria no próximo dia 26 de março, foi cancelado

– Também estão suspensas as atividades na sede da Abrafiltros, reuniões e viagens previamente agendadas. O atendimento via telefone e online segue normalmente de maneira remota e no horário regular de expediente, já os eventos serão reagendados conforme disponibilidade.

Random e Marcopolo

– Funcionários que fazem parte do grupo de risco estão sob avaliação médica;

– Áreas comercial e administrativa estão funcionando com home-office;

– Disponibilização de kit prevenção (álcool em gel, lenços descartáveis, máscaras) antes de viagens;

– Isolamento domiciliar aos profissionais que retornaram de viagens internacionais ou de cidades brasileiras em que já existe transmissão comunitária;

– Cancelamento de viagens internacionais e restrição de viagens nacionais;

– Encontros presenciais estão sendo substituídos por videoconferências;

– Reforço na higienização dos espaços compartilhados, como banheiros, vestiários, restaurantes e veículos de transporte de colaboradores;

– Antecipação da campanha de vacinação contra a Gripe H1N1, que, embora não previna o Covid-19, auxilia no diagnóstico correto.

Smart City Expo Curitiba

Evento de tecnologia sobre cidades inteligentes que aconteceria nos dias 26 e 27 de março foi adiado para 18 e 19 de junho.

Locadora faz promoção nas mensalidades de carros

Para atender às pessoas que precisam de carros e estão evitando o uso de coletivos, a locadora Primo Rossi Rent disponibilizou 65 carros para aluguel por período mínimo de dois meses com descontos de até 40%. Um automóvel com mensalidade de R$ 1.500,00 por mês, sai por R$ 900,00.

Além do programa de manutenção a locadora está atenta à higienização dos veículos.

 

Kalyne Rannieri

 

Joel Silveira Leite

Joel Silveira Leite é jornalista e pós graduado em Semiótica e Meio Ambiente. Diretor da Agência AutoInforme, responde pelos sites AutoInforme e EcoInforme. Apresenta o Boletim AutoInforme nas rádios Bandeirantes, Band News e Sulamérica Trânsito. É colunista em várias publicações.

O Mundo em Movimento

O blog O Mundo em Movimento tem a pretensão de falar sobre vários assuntos, além do mundo do automóvel, aventurando-se a discutir política, economia, mídia, sociedade, meio ambiente, gastronomia e postando artigos de terceiros que julgar interessantes.

Blog O Mundo em Movimento