PUBLICIDADE
Topo

Histórico

China investe em carro elétrico, mas usa carvão para gerar energia

Joel Leite

27/03/2020 18h12

Foto: Agência Envolverde

Enquanto o mundo pensar em formas de diminuir as emissões de carbono usando energia limpa, alguns países ainda insistem na queima de carvão como a fonte mais eficiente, embora seja uma das mais poluentes.

A queima de carvão é responsável por cerca de 40% do gás carbônico (CO2) emitido no planeta.

China, Índia e Estados Unidos são os países que mais queimam carvão mineral para gerar energia.

Enquanto os outros países diminuíram na capacidade de produção, a China aumentou a queima de carvão.

É uma grande contradição: os chineses investem pesado no carro elétrico com o objetivo de reduzir os altos índices de poluição nas grandes cidades do País. É verdade, o carro elétrico a emissão zero.

O problema é que a eletricidade é gerada em grande parte, pela queima do carão, fonte altamente poluente.

No ano passado Rússia, Japão, Indonésia e Alemanha reduziram a quantidade de usinas de carvão, enquanto a China ampliou a produção.

Dá com uma mão, tira com a outra.

Joel Silveira Leite

Joel Silveira Leite é jornalista e pós graduado em Semiótica e Meio Ambiente. Diretor da Agência AutoInforme, responde pelos sites AutoInforme e EcoInforme. Apresenta o Boletim AutoInforme nas rádios Bandeirantes, Band News e Sulamérica Trânsito. É colunista em várias publicações.

O Mundo em Movimento

O blog O Mundo em Movimento tem a pretensão de falar sobre vários assuntos, além do mundo do automóvel, aventurando-se a discutir política, economia, mídia, sociedade, meio ambiente, gastronomia e postando artigos de terceiros que julgar interessantes.