PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Picapes se destacam no ranking da crise

Joel Leite

01/05/2020 12h01

Com Detran funcionando, cidades do Centro Oeste "vendem" mais que São Paulo 

 

Os campeões continuam na frente. No primeiro mês de vendas com o completo fechamento do mercado (lojas fechadas) Onix, HB20, Onix Plus e Ka permaneceram nas primeiras posições do ranking por modelo, nesta ordem (veja quadro), mas nota-se a presença de várias picapes entre os modelos mais vendidos em abril.

Esse mudança é consequência do fechamento do Detran em alguns estados, que portanto registraram um volume ínfimo de licenciamentos. Outros estados, que mantiveram o Detran em funcionamento, registraram grande volume de licenciamentos. Assim, cidades como Goiânia, Cuiabá, Salvador, Campo Grande, Belo Horizonte e Brasília, onde é grande a venda de picapes, aumentaram o volume de licenciamento e colocaram esses modelos em posições relevantes no ranking de abril.

A Toyota Hilux aparece, pela primeira vez na história, em quarto lugar no ranking, com 1.762 unidades, na frente de modelos como Gol. Outra picape, a Toro, vem em seguida, na quinta posição, ela que já esteve entre os Dez Mais mas nunca nessa posição.

Destaque também para a S-10, que há tempos não aparecia tão bem posicionada: ficou na 14ª posição com 1,1 mil unidades.

Veja o ranking dos 50 carros mais vendidos em abril

Veja o ranking das cidades que mais venderam em abril

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Joel Silveira Leite

Joel Silveira Leite é jornalista e pós graduado em Semiótica e Meio Ambiente. Diretor da Agência AutoInforme, responde pelos sites AutoInforme e EcoInforme. Apresenta o Boletim AutoInforme nas rádios Bandeirantes, Band News e Sulamérica Trânsito. É colunista em várias publicações.

O Mundo em Movimento

O blog O Mundo em Movimento tem a pretensão de falar sobre vários assuntos, além do mundo do automóvel, aventurando-se a discutir política, economia, mídia, sociedade, meio ambiente, gastronomia e postando artigos de terceiros que julgar interessantes.