PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Aceleramos o Ford Territory

Joel Leite

07/08/2020 11h00

Marca apresenta o seu novo SUV, que chega em setembro

O segmento dos utilitários esportivos segue acelerando. É o que oferece o maior número de modelos ao consumidor brasileiro e também o que mais cresce. No primeiro semestre de 2020, ele figura na segunda posição entre as categorias, superado apenas pelo hatch pequeno. Mas a diferença é pequena (veja ranking), é possível que em pouco tempo o SUV se torne o tipo de carro mais vendido no Brasil.

A novidade é a chegada ao mercado do novo modelo Ford, o Territory, que a montadora está apresentando nesta sexta-feira (7/8/20) à imprensa especializada, mas que chega às concessionárias apenas em setembro.

Nós tivemos a oportunidade de fazer o teste com o Territory Titanium mesmo antes do lançamento. Colocamos o novo SUV à prova rodando no asfalto e também fora de estrada, em piso de terra, situação não apropriada para o Territory, uma vez que ele não tem tração nas quatro rodas. Mas o carro tem competência para o uso off road leve, foi o que constamos nessa primeira investida, rodando por estradas no interior de São Paulo: direção precisa, bom sistema de suspensão, condução gostosa. Para chegar até lá, partindo da Capital, uma experiência prazerosa na rodovia, onde o Territory tem ótimo comportamento, uma boa aceleração com o motor 1.5 turbo de 150 cavalos à gasolina: se carece de uma força maior na arrancada, é competente na aceleração final. O câmbio é automático CVT com oito marchas manuais simuladas e torque de 22,9 kgfm (entre 1500-4000 rpm).

O carro traz o sistema de alerta de colisão e frenagem autônoma de emergência, que dá uma boa garantia de segurança na condução. Tem também sistema de monitoramento de ponto cego com aviso de mudança de faixa, assistente de partida em rampa e os controles eletrônicos de estabilidade e de tração. Seis airbags e sistema de fixação de cadeira de criança, além de sensores de estacionamento e de chuva, entre outros (veja a ficha técnica).

O Territory é importado da China para oferecer ao consumidor da marca uma opção acima do Ecosport. Tem 4,58m de comprimento, 1,93m de largura e 1m67 de altura. O entre-eixos tem 2,71m. É uma distância bem maior do que a do líder Jeep Compass, e você sabe, quando maior a distância entre-eixos, maior conforto interno.

No quesito design o carro se destaca: é bonito, atraente, tem um estilo elegante, com curvas e vincos na medida certa. A grade dianteira dá um toque especial, com acabamento escurecido. Na lateral e na traseira, linhas atuais e sofisticadas. Tanto os faróis quanto as lanternas são de led e as rodas são de liga leve de 18 polegadas.

No interior, o Territory tem acabamento de couro e detalhes que imitam madeira. O formato e o revestimento dos bancos são de muito bom gosto. O teto solar elétrico reforça a sofisticação.

Os bancos dianteiros tem aquecimento e resfriamento controlável, ar-condicionado automático digital com saída para os bancos traseiros, luz ambiente configurável em sete opções de cores e intensidade, banco do motorista com ajuste elétrico de dez posições e volante em couro com ajuste manual em quatro posições.

O carro tem uma repleta lista de equipamentos, com destaque para a central multimídia com tela de 10,1 polegadas, a câmera 360 graus, compatibilidade com Apple Car Play sem necessidade do cabo e carregamento do celular por indução.

O porta-malas tem capacidade para 420 litros, 10 litros a mais que o seu principal concorrente.

O Territory chega às revendas Ford no início de setembro, mas a montadora já começou a pré-venda do modelo.

Preços:

Versão SEL: R$ 165,900,00
Versão Titanium: R$ 187.900,00

 

 

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Joel Silveira Leite

Joel Silveira Leite é jornalista e pós graduado em Semiótica e Meio Ambiente. Diretor da Agência AutoInforme, responde pelos sites AutoInforme e EcoInforme. Apresenta o Boletim AutoInforme nas rádios Bandeirantes, Band News e Sulamérica Trânsito. É colunista em várias publicações.

O Mundo em Movimento

O blog O Mundo em Movimento tem a pretensão de falar sobre vários assuntos, além do mundo do automóvel, aventurando-se a discutir política, economia, mídia, sociedade, meio ambiente, gastronomia e postando artigos de terceiros que julgar interessantes.